Vida e Missão neste chão

Bem-vindos/as em Açailândia! Somos irmãos missionários, religiosos e leigos/a, caminhando com o povo maranhense. Ser padre aqui significa assumir os desafios e os sonhos das pessoas e da natureza que geme nas dores de um parto. Esse blog é uma tentativa de partilhar a caminhada e levantar perguntas: o que significa missão hoje? Onde mora Deus?
Vamos dialogar sobre isso. Forte abraço!
E-mail: padredario@gmail.com; Foto: Marcelo Cruz

sabato 1 giugno 2013

Infiltrar inimigos, infiltrar ideias

Brasília, esplanada dos ministérios.
Em frente ao Senado, dezenas de manifestantes com faixas e lemas de protestos declaram sua indignação por mais uma grave agressão aos movimentos sociais e à sociedade civil organizada. 

Nas semanas anteriores, um vazamento de informações privilegiadas trouxe ao conhecimento público práticas de espionagem, infiltração de agentes secretos e grampos de telefones e computadores.
A empresa Vale monitora assim, entre outros, a rede Justiça nos Trilhos e o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra. 
Há indícios de cumplicidade do poder público, como o envolvimento de funcionários licenciados da ABIN ou o acesso a informações privilegiadas do INFOSEG e da Receita Federal. Pode ser uma preocupante regressão às escuras etapas da história recente do Brasil.
É dessa forma que o poder econômico manifesta sua força e ameaça, de cima para baixo, quem está organizado em defesa das vítimas dos impactos dos grandes projetos.

Brasília, conselho federal da OAB. Na mesma semana.
Um dia inteiro de encontro entre mais de cinquenta pessoas: lideranças comunitárias, representantes de quilombolas e indígenas, pesquisadores acadêmicos, militantes de movimentos sociais, defensores de direitos humanos, religiosos, mulheres e homens que ainda acreditam na democracia que se constrói de baixo para cima.
É o lançamento do Comitê Nacional em Defesa dos Territórios frente à Mineração; debate-se a construção de um projeto popular para bloquear o avanço desenfreado desse modelo extrativo e proteger as comunidades por ele atingidas e ameaçadas.

O poder tenta infiltrar pessoas nos grupos de base para espionar, dividir e destruir; enquanto isso, esses mesmos grupos se esforçam para infiltrar ideias no sistema, para desestabilizar o poder e construir alternativas que preservem a vida que ainda nos sobra.
Não temos medo de continuar nessa batalha das ideias; exigimos proteção do Governo e respeito e honestidade por parte da Vale, que ao contrário, mais uma vez, demonstra somente arrogância.